Deputado Bruno Souza é o parlamentar mais econômico da história da Alesc



O deputado Bruno Souza (NOVO) fecha o terceiro ano de mandato como o parlamentar mais econômico da história da Assembleia Legislativa. A economia é de R$ 3.476.985,46, ou seja, 65,29% economizados ao longo dos três anos de mandato e devolvidos aos cofres públicos.

Até dezembro de 2021, foram disponibilizados R$ 499.999,92 de verba para despesas de gabinete. Deste montante, de janeiro a dezembro foram utilizados R$ 2.469,21. Assim, a economia chegou a R$ 497.530,71, o equivalente a mais de 99% de recursos devolvidos durante o ano.

Em verbas destinadas ao pagamento de assessores, até dezembro de 2021 foram disponibilizados R$ 1.340.106,84. Deste total, o gabinete não utilizou R$ 699.826,78, valor que retornou aos cofres públicos.

Desta forma, neste ano a verba total disponibilizada ao gabinete, para despesas do gabinete e pagamento de assessores, foi de R$ 1.840.106,76. De janeiro a dezembro, a economia foi de R$ 1.197.357,49, o que significa que 65,07% retornaram para o investimento em outras áreas.

Somando os recursos devolvidos em 2019 (R$ 1.123.453,64), 2020 (R$ 1.156.174,33), e 2021 (R$ 1.197.357,49), a economia é de R$ 3.476.985,46, ou seja, 65,29% economizados ao longo dos três anos de mandato.


Além disso, o deputado Bruno Souza é o único parlamentar na Alesc a não utilizar as emendas parlamentares, ou seja, R$ 12,3 milhões em recursos que retornam para o investimento em outras áreas mais importantes para os catarinenses.