Bruno Souza abre vaquinha virtual e bate recorde de doações no Brasil



O deputado Bruno Souza (NOVO) que não utiliza dinheiro público e o fundão eleitoral para a campanha eleitoral, abriu neste domingo, 15 de maio, a vaquinha online para arrecadar recursos para a eleição, da qual é pré-candidato a deputado federal.


Em 24 horas, a campanha atingiu mais de 850 doações, tornando-se a vaquinha com o maior número de apoiadores do Brasil em todas as plataformas homologadas pelo TSE.


A partir deste domingo, 15 de maio, o TSE autorizou a arrecadação de fundos para as campanhas eleitorais mediante financiamento coletivo na internet, a vaquinha virtual ou crowdfunding. A medida é válida para pré-candidatos aos cargos de presidente da República, governador, senador, deputado federal, estadual ou distrital que devem concorrer nas eleições de 2022.


A vaquinha virtual é uma forma de arrecadação regulamentada pelo artigos 22 e 24 da Resolução TSE nº 23.607/2019. Após os pleitos de 2018 e 2020, esta será a terceira vez que acontece esta modalidade de captação de recursos no processo eleitoral.


A arrecadação online funciona por meio da internet e pode ser feita somente nas plataformas credenciadas pelo Tribunal Superior Eleitoral. A vaquinha está permitida de 15 de maio a 02 de outubro de 2022 e pode ser feita pelo link.


Quem pode doar?

Somente pessoas físicas podem doar. No momento da doação, o participante deve informar dados como endereço, telefone, email e CPF. A empresa homologada pelo TSE é obrigada a identificar cada doador, o valor, a forma de pagamento e a data da doação. Também precisa manter um site com a lista atualizada com a identificação de todos os doadores e respectivos CPFs.


De acordo com regras do TSE, só são permitidas doações diárias de um mesmo CPF para um mesmo candidato até o valor máximo de R$1.064,09. Após 24 horas, o mesmo limite poderá ser novamente doado.